terça-feira, 8 de maio de 2012

A angústia do blogger no momento do bloqueio

Como diz a cantiga, tudo o que tem um fim teve um começo. Há cerca de dois anos e meio resolvi criar este blogue para complementar duas paixões minhas: a escrita e o Cinema. Neste espaço partilhei textos sobre filmes que gostei de ver, outros nem por isso, imagens, vídeos e tudo o mais sobre a Sétima Arte. Através deste blogue conheci pessoas que me marcaram pela positiva (algumas sei que são pessoas com quem irei continuar a falar e partilhar esta minha paixão, pelo menos uma sei que será para sempre uma das minhas melhores amigas) outras que bem podiam ter ficado no buraco de onde saíram (lamento a franqueza, mas também ninguém disse que as despedidas eram agradáveis). Tive a oportunidade de ver o meu trabalho reconhecido (apesar de ainda hoje continuar sem perceber muito bem porquê) por duas vezes nos TCN.

Ultimamente, como devem ter reparado, este espaço andou vazio, como se fosse um fantasma. A paixão pelo Cinema não morreu, mas a falta de tempo e motivação para manter este blogue tomaram de assalto o seu autor. E estes dois factores foram essenciais para tomar esta decisão de encerrar de vez, ao contrário do que aconteceu nos últimos abandonos, «A Última Sessão». Foi bom enquanto durou e agradeço a todos os que passaram por aqui nos últimos dois anos e meio, comentaram, me convidaram para participar em iniciativas com os seus blogues e interagiram com o blogue através da conta no Facebook. Essa conta irá continuar activa, pelo menos durante mais algum tempo. Ainda não decidi se vai durar muito tempo, pois também tenho uma certa pena de desistir dos visitantes que me acompanharam por aí. O mesmo vai acontecer com o endereço de e-mail (oprojeccionista@gmail.com) que vai continuar activo para quem pretender entrar em contacto comigo para participar em iniciativas ou outros projectos onde eventualmente possa contribuir com algo.

Para já é tempo de partir para novas aventuras e pensar noutros projectos. Podem apagar as luzes da sala, o projeccionista abandonou de vez a cabine de projecção. A todos (e neste caso não excluo ninguém, pois não sou de guardar rancores) um muito obrigado.

12 comentários:

  1. Bom blogue que desaparece. Lamento saber desta despedida. Força para novos projectos!

    ResponderEliminar
  2. Obrigado. Mas a verdade é que já não andava a sentir o mesmo que sentia anteriormente. E para marcar passo e andar por andar prefiro acabar de vez. Uma vez mais obrigado e continuação de bom trabalho. Gostei da tua cobertura ao Indie e do que tens vindo a fazer no teu espaço

    ResponderEliminar
  3. Já fora muitas as vezes que tivemos esta conversa, talvez eu ainda seja uma "cobarde" em não ter terminado o meu que começou em 2008, na mesma altura em que tornei-me adulta pelo BI...Anos volvidos é sempre difícil ter a mesma vontade de continuar, é uma luta quase dolorosa, que por mais dramática que possa parecer que a estou aqui a descrever e a tornar, a verdade é que chega a ser asfixiante saber que temos o espaço pouco activo, que está abandonado, sem nada para dizer, onde o vamos enchendo com palha ocasionalmente na esperança de um dia voltar a olhar para ele com aquele brilhozinho com o qual o víamos quando o criamos....
    Tenho imensa pena que o tenhas encerrado, foi graças a ele, indirectamente, mas, sim, graças a este spot, que nos conhecemos. E agradeço ao senhor que inventou a web por isso, porque definitivamente serás um amigo para toda a vida :). Sem querer de novo descair-me e dizer aqui o teu nome, aprecio a nota de suicídio, que escreveste para dar por findada a vida deste espaço. Foi honesta, tal como tu és. Para quem te conhece pessoalmente, perceberá isso.
    Espero que um dia voltes, com um novo espaço ou o mesmo, não importa, porque nada tem de ser eterno. Se algo aprendi com o cinema e a vida é isso, que não vale a pena fazer promessas eternas, vale muito mais fazer o que melhor nos aprouver na altura e nos der aquele prazer quase genuíno, o mesmo que temos aos 3 anos quando olhamos para um balão a subir no céu.

    Pelo amor ao cinema, pela amizade que te tenho e a este espaço, acho que por agora fizeste o que tinhas a fazer e isso é importante. Havemos sempre de ter as nossas conversas, e serás sempre bem-vindo no meu estaminé menos convencional, mas que partilha este lugar-comum e apaixonante que é a sétima arte, o ser cinéfilo.

    Obrigada por todos os posts e pelos dois anos e meio de partilhas.

    Deixo esta frase, que acho que ambos concordamos e que por esta blogosfera vimos que para alguns realmente não é o amor ao cinema que os prende aqui, mas sim outros assuntos menos "belos" digamos :

    Although for some people cinema means something superficial and glamorous, it is something else. I think it is the mirror of the world.
    Jeanne Moreau

    Cumprimentos,
    da tua comparsa A.
    Cinemaschallenge.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Obrigado, Andreia. Mais dia, menos dia tinha de ser. Foi hoje, mas já podia ter sido há mais tempo. Acho que não devias seguir o mesmo caminho, pois por muito pouco convencional (?!) que seja o teu blogue acho que devias continuar a partilhar aquilo que gostas mesmo, com a mesma paixão que tens tido. Para mim deixou de fazer sentido continuar, pelo menos neste espaço. Quem sabe se voltarei ou não, mas a curto prazo isso não acontecerá. Resta-me agradecer-te uma vez mais os comentários que fizeste e as conversas que tivemos sobre esta nossa paixão, o Cinema, essa sim continuará para sempre. Essa citação com que terminas não podia ser melhor.
    Beijinhos, miúda :)

    ResponderEliminar
  5. Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderEliminar
  6. A existir regresso, nesta casa ou em outra, é favor anunciar.

    ResponderEliminar
  7. FilmPuff, são coisas que acontecem. Há mais vida para além d'«A Última Sessão». Obrigado pelas visitas e pelos comentários que fizeste ao longo dos últimos meses. Foi um prazer. Continua o bom trabalho que tens feito a divulgar uma cinefilia pouco conhecida entre nós. Beijinhos.

    Sotor, não se preocupe. Se houver regresso, coisa que não posso prometer, o senhor será dos primeiros a saber. Obrigado também pelo apoio ao longo dos últimos dois anos e meio. Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  8. Não é algo que surja como surpresa, infelizmente. Mas pronto como um grande senhor disse, cujo nome começa em P e acaba em O tendo AUL no meio, "Há vida além do Cinema".

    Ficamos a aguardar esse projecto lol

    abraço

    ResponderEliminar
  9. Sim, esta 'angústia' já vem de há uns tempos para cá. Ontem foi o dia de desligar o paciente da máquina. Essa citação é que está mal atribuída ;)

    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  10. Caramba tens toda a razão é tua, é o que dá armar-me em engraçadinho.

    Enfim aguardamos desenvolvimentos e regressos ;)

    ResponderEliminar